JFPB e CEF fazem mutirão de audiências de conciliação

11/07/2017 às 10:35

Mutirão dá descontos de 80% a 90% para quitação de dívidas

 

        O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) da Justiça Federal na Paraíba (JFPB) está promovendo, em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF), um mutirão de audiências de conciliação para quitação de débitos em contratos de pessoas físicas e jurídicas, incluindo cartão de crédito. A Campanha "Quita Fácil” começou na última segunda-feira (10) e segue até o dia 28 de julho, nos turnos manhã e tarde, na sede da Justiça Federal, em João Pessoa, na Rua João Teixeira de Carvalho, 480, Pedro Gondim.

        A Caixa é a parte autora nas ações de recuperação de créditos e está oferecendo, em face da campanha “Quita Fácil”, descontos que podem atingir percentuais que variam de 80 a 90% para quitação das dívidas. As partes demandadas nos 473 processos incluídos no mutirão já foram devidamente intimadas e devem comparecer em horários pré-estabelecidos, munidas da carta de intimação, da qual conta o número do processo, e de documento de identificação. No entanto, há ainda outros 1.000 processos em andamento nas 1ª, 2ª e 3ª Varas da capital que podem entrar no mutirão. "Basta que a parte interessada, no caso, o devedor Caixa Econômica Federal, se apresente no CEJUSC, na sede da Justiça Federal, para tentar solucionar a ação por meio da conciliação, até o prazo final do mutirão, facilitando o pagamento da dívida", afirmou o supervisor do CEJUSC, Marconi Araújo.

        O mutirão envolve processos que tramitam em três varas da Seção Judiciária da Paraíba. Segundo o juiz federal diretor do Foro Bruno Teixeira de Paiva, "o Centro de Conciliação da instituição dá mais um passo significativo na busca da paz social, pois o mutirão pretende contribuir para a solução de conflitos em significativo número de ações judiciais em três Varas da capital".

                 

SAIBA MAIS SOBRE O CEJUSC:

         O CEJUSC foi instituído pela Justiça Federal na Paraíba em estrita consonância com os ditames estabelecidos pela Resolução nº 125, de 20/11/2010, do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, que dispõe sobre a política judiciária nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no âmbito do Poder Judiciário.

        Segundo o supervisor do CEJUSC da Justiça Federal, Marconi Araújo, “desde a instalação do Centro de Conciliação na capital, ocorrida recentemente, foram realizadas, através da equipe multidisciplinar de conciliadores que o compõe, 872 audiências, das quais 566 foram concluídas satisfatoriamente, provocando um percentual de êxito de 65%, aproximadamente".

QUANTITATIVO MENSAL:

        Durante todo o decorrer do mês de julho do corrente, estão previstas a realização de 720 audiências de conciliação, envolvendo processos judiciais das Varas Federais Comuns (1ª 2ª e 3ª), Vara Privativa de Execuções Fiscais (5ª Vara) e Juizados Especiais Federais (7ª e 13ª Varas). Maiores informações sobre o CEJUSC e seu funcionamento podem ser obtidas através do telefone (83) 2108-4240 ou pelo e-mail institucional centrodeconciliacao@jfpb.jus.br .


 Imprimir